Institucional

O Movimento Aliança Cidadã – MAC surgiu para trazer à discussão política a defesa da vida, da liberdade e da dignidade da pessoa como um todo e de cada pessoa em concreto, entendendo o Homem como princípio e fim de toda a ação política. O MAC entende a democracia à luz da filosofia cristã. E apontamos o cristianismo como uma mensagem de democracia. Queremos que o MAC seja um instrumento que, de fato, busque conscientizar os cidadãos dos seus direitos e deveres fundamentais, baseado numa autêntica ética e moral Cristã.

E no intuito de trazer conteúdo a discussão político-social, levantamos a bandeira do fim do voto obrigatório. Destacamos aqui a bem-sucedida campanha pelo voto facultativo. Entendemos que a obrigatoriedade destrói a democracia; um direito tratado como dever é desmoralizador, acaba com o sentido político e cívico da população e empobrece a educação política.

O MAC surge não para disputar espaço no poder estatal, mas para levar uma maior conscientização à sociedade, para formar cidadãos ativos e politizados, que saibam exercer a sua cidadania.

Vivemos em um momento em que se faz necessário que o cidadão de bem assuma uma postura protagonista em nossa sociedade, pois “esta hora magnífica e dramática da história reclama, com uma força particular, a ação dos fiéis leigos. Se o desinteresse foi sempre inaceitável, o tempo presente torna-o ainda mais culpável. Não é lícito a ninguém ficar inativo“.  (Papa Beato João Paulo II, Exortação Apostólica Christifideles laici, no. 3, 1988).

É notório que hoje vivemos em um total desinteresse da sociedade civil por política. E nesta situação quanto mais pessoas honestas saem da política, mais abrem espaço para pessoas que não possuam compromissos éticos tomem conta do aparato estatal, e comessem a instaurar no país uma ditadura às escuras. Está em percurso no país um grande mal que visa destruir tudo aquilo que mais prezamos, a começar em primeiro lugar pela instituição familiar, célula-mãe da nação. Querem assim modificar o matrimônio, criando uma nova manifestação do conceito de família.

Num Brasil que caminha para o ataque à vida, num Brasil que caminha rumo à instauração da cultura da morte, da relativização do ser humano, nós, cristãos, não podemos nos calar. Somos a favor da vida! E assim sendo, Deus quer que falemos! Que expressemos nossa fé, nosso amor por Ele. Não podemos ficar calados enquanto vemos agressões à nossa fé e ao Cristo. O MAC entende que a vida é dom de Deus, e não se encontra na livre disposição do Estado.

Hoje somos atacados diariamente. Pressões políticas, econômicas e midiáticas desfiguram os valores cristãos para saciar desejos ímpios. Não podemos nos intimidar e descuidar de nossa fé e valores. Afinal, “Jesus respondeu: Eu digo-vos: se eles se calarem, as pedras gritarão“. (cf. Lc. 19,40).

O MAC acredita que é importante que, como sociedade, vivamos de nossa tradição e estejamos abertos ao futuro, respeitando sempre a todas as minorias legítimas. Mas estas minorias não podem agredir os direitos da maioria. Nem tampouco podem as maiorias nem as minorias manipular a natureza humana, nem agredir a lei de Deus.

O mal hoje tem nome e carteirinha de partido político. O mal se instaura em projetos legislativos, e em decisões judiciárias. O mal caminha de mãos dadas com o igualitarismo exacerbado que distorce a realidade de uma sociedade que providencialmente é feita por distinções de classes. Por esta razão nós cremos que apenas o respeito recíproco dos direitos e deveres, e a caridade mútua darão o segredo do justo equilíbrio, do bem estar honesto, da verdadeira paz e prosperidade dos povos. O remédio para os males da sociedade não será jamais a igualdade subversiva das ordens sociais.

Ou nos damos conta da real situação do país e nos voltemos como fontes do poder político, ou seremos alienados pela minoria subversiva que exerce uma poderosa pressão midiática, econômica e política atentando assim diariamente contra o Estado Democrático de Direito brasileiro.

O MAC quer apontar o debate e a militância como o melhor instrumento de mudança dessa situação.

Para nós cristãos, Deus nos fez para sermos felizes. E como fazer para alcançarmos a felicidade, que é desígnio de Deus? Podemos lutar por diversas formas, e uma delas com certeza é por meio da política. Assim, como o Papa Beato João Paulo II, disse-nos no Jubileu do ano 2000: “Que no espírito do Levítico, os cristãos deveriam fazer-se voz e vez”.

E é na tentativa de fazer-se voz e vez, que os cristãos devem ver na política uma arma capaz de transformar o país em que vivemos. Realmente vemos com pesar que a política hoje venha sendo utilizada por pessoas que se utilizam da máquina pública para a autopromoção e para ajudar a afilhados e companheiros. Mas não podemos de forma alguma nos acomodar com essa situação. Mesmo perplexos à realidade diária temos que na condição de representados e de povo cristão exigir que a governabilidade de nossa Pátria seja constituída de valores autênticos e verdadeiros.

Assim sendo nós defendemos o surgimento de uma nova geração de políticos. Mas para isso, é preciso hoje superar o desinteresse dos jovens pela política e acrescento que os novos políticos devem conceber sua atividade como a arte do bem comum.

O MAC como professa em sua Carta de Princípios, atua em favor do Brasil e dos brasileiros. O MAC propõe levar à sociedade a capacidade de pensar e avaliar o ambiente olhando para as várias realidades da nossa sociedade afim de que haja o reconhecimento do valor de cada cidadão como membro efetivo para o crescimento econômico e social do País.

O MAC é um movimento sem fins lucrativos e apartidário. Nossa atuação não leva em conta interesses partidários e é disponível e acessível a toda sociedade.

Nós do MAC sabemos que estas idéias têm conseqüências. A defesa da democracia-cristã no Brasil do século XXI é um combate de valores. Queremos um país livre, de uma sociedade pluralista tendo o homem como autor, o centro e o fim de toda a vida econômica e social.

Somos uma organização que propõe um novo modo de pensar, de agir, de fazer política.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: