Papa Francisco reconhece martírio de sacerdotes na Guerra Civil Espanhola

papa-francisco-4O Papa Francisco recebeu em audiência hoje o Prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, Cardeal Angelo Amato, e aprovou os decretos que reconhecem como mártires da Igreja sacerdotes assassinados durante a Guerra Civil espanhola e um deles durante o regime Nazista, assim como as virtudes heroicas da Serva de Deus Silvia Cardoso Ferreira da Silva, Leiga nascida e falecida em Portugal.

Segundo o boletim da Santa Sé, estes foram os decretos aprovados pelo Papa Francisco nesta quinta-feira, 28:

Os decretos promulgados são sobre:

– o milagre, atribuído à intercessão da Venerável Serva de Deus Maria Teresa Bonzel (no século: Regina Cristina Guglielmina), Fundadora das Irmãs Pobres Franciscanas da Adoração Perpétua em Olpe; nascida em Olpe (Alemanha) em 17 de setembro de 1830 e morta em 6 de fevereiro de 1905

– o martírio dos Servos de Deus Emanuele Basulto Joménes, Bispo de Jaén (Espanha), e 5 Companheiros; mortos por motivo de ódio à fé entre 1936 e 1937

– o martírio dos Servos de Deus Giuseppe Massimo Moro Briz e 4 Companheiros, Sacerdotes da Dioceses de Ávila (Espanha); mortos por motivo de ódio à fé na Espanha em 1936

– o martírio do Servo de Deus Vladimiro Ghika, Sacerdote diocesano; nascido em Istambul (Turquia) em 24 de dezembro de 1873 e morto por motivo de ódio à fé em Bucareste (Romênia) em 16 de maio de 1954

– o martírio dos Servos de Deus Giocchino Jovaní Marín e 14 Companheiros, da Sociedade dos Sacerdotes Operários Diocesanos; mortos por motivo de ódio à fé na Espanha entre 1936 e 1938

– o martírio dos Servos de Deus Andrea da Palazuelo (no século: Michele Francesco González Ganzález), Sacerdote professo da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, e 31 Companheiros; mortos por motivo de ódio à fé na Espanha entre 1936 e 1937

– o martírio do Servo de Deus Giuseppe Girotti, Sacerdote professo da Ordem dos Frades Pregadores; nascido em Alba (Itália) em 19 de julho de 1905 e morto por motivo de ódio à fé em Dachau (Alemanha) em 1945

– o martírio do Servo de Deus Stefano Sándor, Leigo professo da Sociedade de São Francisco de Sales; nascido em Szolnok (Hungria) em 26 de outubro de 1914 e morto por motivo de ódio à fé em Budapeste (Hungria) em 8 de junho de 1953

– o martírio do Servo de Deus Rolando Rivi, aluno do seminário; nascido em São Valentim de Castellarano (Itália) em 7 de janeiro de 1931 e morto por motivo de ódio à fé em Piane di Monchio (Itália) em 13 de abril de 1945

– as virtudes heroicas do Servo de Deus Eladio Mozas Santamera, Sacerdote diocesano, Fundador das Irmãs Josefinas da Santíssima Trindade; nascido em Miedes de Atienza (Espanha) em 18 de fevereiro de 1837 e morto em Plasencia (Espanha) em 18 de março de 1897

– as virtudes heroicas do Servo de Deus Emanuele Aparicio Navarro, Sacerdote diocesano; nascido em Madri (Espanha) em 11 de dezembro de 1902 e morto em 28 de agosto de 1964

– as virtudes heroicas do Servo de Deus Mosé Lira Serafín, Sacerdote professo dos Missionários do Espírito Santo, Fundador da Congregação dos Missionários da Caridade de Maria Imaculada; nascido em Tlantempa (México) em 16 de setembro de 1893 e morto em Cidade do México (México) em 25 de junho de 1950

– as virtudes heroicas do Servo de Deus Generoso do Santíssimo Crucifixo (no século Angelo Fontanarosa), Sacerdote professo da Congregação da paixão de Jesus Cristo; nascido em Vetralla (Itália) em 6 de novembro de 1881 e morto em Mascalucia (Itália) em 9 de janeiro de 1966

– as virtudes heroicas do Servo de Deus Olinto Marella, Sacerdote diocesano; nascido em Pellestrina (Itália) em 14 de junho de 1882 e morto em São Lázaro de Savena (Itália) em 6 de setembro de 1969

– as virtudes heroicas do Servo de Deus Antonio Kowalczyk, Irmão Leigo da Congregação dos Missionários Oblatos da Beata Virgem Maria Imaculada; nascido em Dzierzanów (Polônia) em 4 de junho de 1866  morto em Edmonton (Canadá) em 10 de julho de 1947

– as virtudes heroicas da Serva de Deus Silvia Cardoso Ferreira da Silva, Leiga; nascida em Paços de Ferreira (Portugal) em 26 de julho de 1882 e morta em Porto (Portugal) em 2 de novembro de 1950.

ACI Digital

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: