MAC realiza oficina com alunos da rede pública de SP

O presidente do MAC, Vinícius Scramin, realizou na tarde do dia 09 último, uma oficina de conscientização com os estudantes do período matutino e vespertino da E.E. Prof. Luiz Gonzaga Righini, escola pública da zona norte da capital. A oficina contou com a participação de mais de dez alunos.

A oficina com os alunos realizou-se novamente em uma parceria com o corpo diretivo e pedagógico da instituição que elabora neste ano a construção de um grêmio estudantil. A presença do MAC está sendo para a escola uma oportunidade para demonstrar uma mudança de postura frente às novas realidades sociais. A realização das oficinas em parceria com o MAC foi num primeiro momento para sensibilizar os professores no que tange à importância de se ter uma participação maior dos estudantes na organização escolar, e agora nesta oficina realizada, fazer com que os alunos tenham uma maior conscientização da relevância do Grêmio, sua história no movimento estudantil brasileiro e como se formaliza, se institucionaliza o grêmio estudantil.

O evento iniciou-se com uma breve apresentação do presidente do MAC, Vinícius Scramin, sobre sua experiência como presidente de grêmio estudantil enquanto estudante do ensino médio. E em seguida deu-se início à palestra abordando temas como: o histórico do movimento estudantil no Brasil, a lei de que trata a criação dos grêmios, e como se formaliza a associação de estudantes.

“O Grêmio é um direito assegurado a todos os estudantes matriculados em uma escola brasileira, sem exceção. Portanto, formar o Grêmio também é uma questão de fazer valer um direito”, afirmou o presidente do MAC, Vinícius Scramin.

O evento também promoveu uma discussão acerca das instituições políticas do Brasil e do sistema educação. À discussão foram levados temas como a importância dos três poderes de Estado, a relação do Presidente da República com o Congresso Nacional, e como as instituições que representam os estudantes a nível nacional se comportam ante ao Governo em seus três níveis.

Muitos estudantes também puderam falar, tomando a palavra para além de fazerem perguntas acerca da constituição de um grêmio estudantil, questionar sobre a formação das leis no país, denunciar o sistema de educação brasileiro e a necessidade genuína de possibilitar uma voz maior aos estudantes, pois, como salientou o presidente do MAC, “o Grêmio é também um importante espaço de aprendizagem, cidadania, convivência, responsabilidade e de luta por direitos”.

Ao final, o presidente do MAC ressaltou que se tanto falamos de democracia, a escola deve ser a porta de entrada para uma discussão saudável do país, de suas instituições etc. “Por isso, é importante deixar claro que um de seus principais objetivos é contribuir para aumentar a participação dos alunos nas atividades de sua escola, organizando campeonatos, palestras, projetos e discussões, fazendo com que eles tenham voz ativa e participem – junto com pais, funcionários, professores, coordenadores e diretores – da programação e da construção das regras dentro da escola”, salientou Vinícius Scramin.

O evento conseguiu sensibilizar os alunos sobre a importância da constituição do Grêmio, suas formalidades e de como podemos iniciar uma mudança na postura dos estudantes frente à própria escola, onde não caiba somente a inserção de conteúdos pré-programáticos, mas que também abra espaço para a discussão, o raciocínio, a reflexão e até o pensamento filosófico. O projeto sobre o grêmio estudantil tende a ser uma opção para abrir o espaço escolar à discussão política, ao pensamento crítico. Antes de encerrar à fala, tomou a palavra, a estudante de psicologia, Úrsula Maschette, uma das organizadoras do projeto do grêmio juntamente com a também estudante, Amanda Pinheiro, que entregou aos estudantes uma cartilha que trata sobre o Grêmio, a postura do aluno perante os professores, à direção escolar e em comunidade. Um grêmio estudantil, avaliou o presidente do MAC, Vinícius Scramin, é a “organização que permite que os alunos discutam, criem e fortaleçam inúmeras possibilidades de ação tanto no próprio ambiente escolar como na comunidade em que estão inseridos”.

Ao término, o presidente do MAC recebeu o cumprimento dos presentes.

Equipe MAC.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: